Thursday, January 28, 2010

Peco-me...

Por ti, cometo pecados, aprisionando deliberadamente a dor numa prisão sem grades.
Entro num beco sem saída, saciando o desejo da luz através dos teus olhos que iluminam a escuridão que penetra em mim.
Penso em ti, abro as paginas do teu pensamento, leio as entrelinhas do teu ser, desejando ardentemente ser a tua pele para que possa sentir as dores e a vida num só instante.

Faço um esboço do teu ser, desenfreadamente moldo as nossos corpos entrelaçados, a obra esta feita!
Pego nela com delicadeza para não magoar os sentimentos, quero-a imaculada sem vestígios de dor, desejo-a tal a minha paixão inolvidável por ti, deslizo os dedos pelo rosto ainda por terminar, fecho os olhos imaginando que és tu!

Caminho com precaução para que nada nos derrube, para que o vento não a leve de mim, sussurro versos escritos no meio da madrugada para não despertar o nosso sono e sem deixar de tê-la junto a mim, transporto-a com se de um corpo fosse, deito-a na cama, os lençóis de cetim suavizam este encontro, colo o meu rosto á moldura imprimindo os olhos, dando expressao ao olhar, os lábios vestem-se de beijos, partes de mim que ganham vida conforme as emoções que deposito nela.
Deslizo os dedos ressequidos de paixão pelas curvas que se encaixam na perfeição nas minhas mãos, contorno os lábios com beijos húmidos, dou vida as imagens que se perdem na minha mente, sentindo o conforto do teu abraço na invisibilidade deste momento só meu...

Monday, January 4, 2010

Rio.... de Janeiro!

Vou passar uma temporada na cidade maravilhosa,
relaxar ao som da Vida!
Volto em breve
Um beijo doce