Saturday, March 29, 2008

Um pouco de mim

Recebi esse meme da Liz do blog Falando deTudo da Tela do Lar!"e não poderia deixar de respondê-la. Ao final das respostas estão dois blogs indicados por mim para fazerem o mesmo.

1 - Por que resolveu criar o blog?

Criei o blog porque sempre adorei escrever, escrevo desde o meus 11 anos e encontrei no papel um amigo, um confidente. E achei que seria a melhor maneira de expor os meus poemas, os meus sentires, o meu eu!
2 - O que te dá mais prazer em blogar?

Como qualquer artista, quando ele cria algo, ele gosta de ver o seu trabalho exposto, além da sensação de finalmente poder por os meus poemas num blog e ter um publico que possa ler e comentar! Alem disso gosto de percorrer outros blogs e sentir que finalmente encontrei pessoas que têem algo em comum com os meus interesses.

3 – Indique um blog bom e um do qual você não goste e por quê?

Uma pena que seja um so pra indicar, pois gosto de muitos por razões diferentes, mas gosto do blog da Clara, "A vida como ela é", por ter sido o primeiro que eu li e por me ter despertado tanta vontade de ter um! Alem dos textos excelentes que ela tem!O blog que eu não gosto ...acho que todo o mundo tem direito a liberdade de expressão.

4 – Qual tipo de música e quais suas bandas favoritas?

Diversas

5 – Qual o assunto que você mais gosta de postar?

Gosto de escrever sobre o amor nas suas diversas formas de estar

6 -Seaquinevassevocêusariaesqui?

Aqui neva, mas um dia quero experimentar esquiar

7 – Você é: casado, solteiro, separado, enrolado, desquitado, chutado, viúvo ou outros?

Descubra

8 - Por que você deu esse nome ao seu blog?

Eu sei vou-te amar, do grande artista Tom Jobim, os liricos sao lindos e é: uma musica que amo!
Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida
Eu vou te amar
A cada despedida
Eu vou te amar
Desesperadamente
Eu sei que vou te amar..
E cada verso meu será
Prá te dizer
Que eu sei que vou te amar
....

9 - Qual o último blog que você visitou?

Vários

10 - Por que resolveu participar deste Memê?

um convite do meu anjo Liz como podia recusar?

Os blogs escolhidos por mim são:

Venus
A vida com ela e

Tuesday, March 25, 2008

Envolvi-me, desejando jamais perder-me de mim!
Saciei a minha sede bebendo dos teus lábios
a sabor a pecado....
nas entranhas da minha alma gravei o teu cheiro
enquanto o teu corpo dominava parte de mim...
a outra parte ficou perdida a ver-me amar!

Wednesday, March 19, 2008

Tentei evitar este assunto, acho que tentei vendar os olhos ao meu coração pensando que se ele não vê, não sente!
Mas não podemos controlar as emoções, não podemos agarrar e confrontar o coração pensando que seremos mais fortes que ele! Ele ja ditou vários exemplos que é através dele que ainda estamos vivos, que por ele ainda sentimos, e se ele deixar de respeitar as normas...quem perde somos nós!

Então sacudi um lenço branco e pedi tréguas, assumi a minha fraqueza e pu-lo num altar e proclamei-o vencedor....Vi-o pulsar de orgulho, abrir uma garrafa de champanhe e celebrar o titulo de campeão!
Senti o meu orgulho ferido, senti-me mais só do que nunca (afinal o meu coração estava contra mim), com dificuldade assumi que não sou tão forte como aparento ser, que tenho medo e que a realidade é mais real que a ilusão de mostrar o que não sou!
Foi então que o vejo correr, a tentar parar-me, a chamar por mim...pois eu já ia longe, e quando olho para trás vejo-o ofegante, as cores do seu rosto um vermelho vivo, gasto, cansado e zangado!
Segura-me pelo braço, olha-me nos olhos e aponta para um banco solitário em pleno jardim, caminhamos para lá, senta-me como se a conversa que íamos ter fosse um longo sermão....
Disse-me que tenho que aceitar as suas condições para ser feliz, que nada é imutável por isso os sentimentos também alteram, que prevalece a vontade de se abrir e respirar para vida e não estar escondido no escuro, numa cave assombrosa cheia de teias de aranha, que ele precisa de respirar, que devo-lhe dar a liberdade e não trancá-lo dentro de mim! E se eu segui-lo irei ter as respostas que preciso, porque conforme ele sublinhou, temos que dialogar!
Limpou-me as lágrimas e pegou-me nas mãos, beijou-as e fez-me prometer que iríamos para casa juntos!

Friday, March 14, 2008

O Sol se aproximou de mim...tão radioso e deslumbrante como a Luz do seu olhar, o fogo que emanava transcedeu os poderes que eu acreditava possuir, até que deixei-me dominar pelo encanto da frescura do seu ser, imaculado, rompendo brusca e suavemente com a pureza virginal do anjo caído em seus pés, suplicando que se ajoelhasse, abençoando-o com o seu amor!
A estátua tornou-se mulher, os olhos se abriram para a vida dele, o perfume do seu corpo afundou-se em sua alma, que antes estava perdida e isolada no mundo de Deus...
Abriu os braços ternamente, anunciou o seu nome e fez dele o abrigo dos seus segredos, o encontro de si mesma.
As noites passadas na sua presença afastavam-na dos pesadelos que tão dificilmente conseguia esquecer!
Ele confessou o seu amor, dando vida á pequena mulher que as suas próprias mãos moldaram....O dia chegou, o dia em que ela se viu a caminhar com os seus próprios pés, o coração deixou-se falar e os sentimentos exaltaram inexorávelmente como o mar rebelde que tantas vezes chamava por si!
Foi aí que abandonou o homem que lhe dera vida para a estátua que era e que jamais deixara de ser!

Thursday, March 13, 2008

Repouso a dor
Num jarro de água fria
Onde as flores murchas
São esquecias pelo tempo,
Oiço o zumbido do vento
Enaltecido de raiva
Com medo de se perder!

Wednesday, March 12, 2008


Fico muito honrada em receber esse selo! Recebi o selo "Falando de Tudo da Tela do Lar!" de minha amiga e anjo Liz que me deu grandes motivos hoje para sorrir!

Repasso o carinho para tres outros blogs que considero que merecem a homenagem!

She: "But you can't end it" she exclaimed with fear
She: "I love you, you are the only thing in my life"
He: "That's part of the problem" his face as cold as a January morning...

Friday, March 7, 2008




Estou neste deserto da vida...Sinto o abandono como um Adeus rápido que sai apressado das nossas vidas...oiço vozes e perfumo o meu pensamento com a quietude da música que acompanha o meu silêncio!
Que horas devem ser? Se só consigo adormecer acreditando que dormes também, a tranquilidade do teu olhar são a serena luz dos meus!
Darei um nome invisível á nossa história, colorindo de várias cores os espaços vazios e retirar-me-ei desta dor inconsolável que é o fim!
Entro novamente em cena, despeço-me com uma vénia calorosa, recebo as imaginárias flores que cultivei enquanto fui tua e agradeço os aplausos.... Sei que as luzes já se apagaram, sou a única espectadora sentada neste teatro da vida, onde temos como cenário um jardim florido....estranha voz que oiço, que não sei de onde vem, interrompendo cruelmente as palavras que agradecem á vida a bela experiência, de um dia, em tal altura, alguém me ter tirado a máscara para puder olhar verdadeiramente para mim!

Tuesday, March 4, 2008


Your hearts know in silence the secrets of the days and the nights. But your ears thirst for the sound of your heart's knowledge. You would know in words that which you have always known in thought. You would touch with your fingers the naked body of your dreams. (Chapter 17)

Khalil Gibran
The Prophet

Monday, March 3, 2008


Fica com a cama.
Nela estão todos os meus perfumes e também os meus melhores sorrisos.(sob o travesseiro do lado direito talvez ainda o som daquela gargalhada).
Fica com o lençóis das nossas madrugadas
os cartões de crédito e todos os poemas.
O cobertor azul eu deixo porque inda é inverno(e eu estava acostumada a te aquecer).
As fotos também eu cedo, não as quero. Não refletem os medos que tive, são apenas momentos (congelados feito os projetos que adiamos)
As chaves do apartamento deixo sob o tapete. O amor e os sonhos eu levo junto com o meu olhar encantado.
A dor está na caixa pesada que ficou no banheiro. Não se preocupe, é minha prometo vir buscar no feriado.(eu levaria hoje, se pudesse mas no carro não cabia o mundo inteiro.

Anonimo