Sunday, November 20, 2011

Humedeci os lábios e beijei a vida

Humedeci os lábios e beijei a vida,

Serenamente fechei os olhos a espera que um sonho profundo viesse ao meu encontro.

Adormeci…

Viajava num balão de encantos num dia radioso e ao longe tu acenavas…caí em teus braços!

E jamais consegui desprender deste abraço doce no aconchego da noite e das inúmeras noites onde enfeitiçada por ti desejei que o mundo fosse apenas nosso!

Fingi tantas loucuras para que o teu amor inspirasse a criatividade do meu sentir, desenhei o teu rosto em todos os cantos do Universo, tatuando o teu nome nas paredes do mar!

Entrei em bicos de pés para não despertar o teu coração

Delineei as suas formas perfeitas e o roubei de ti…

Neste instante, neste agora ele pulsa dentro de mim!


Friday, August 12, 2011

É suposto ser amor

É suposto ser amor, este rosto invisível com marcas de saudades,

Pintado com gotas salgadas de um mar perdido numa praia sem nome

Recebo o convite da vida para um passeio a dois

Caminho tropeçando em pedras sentidas de dor, rasgo a nudez enfeitando o corpo com pedaços de Lua

Corto o céu e embrulho o meu sentir neste manto que me aquece do frio da solidão!

Lágrima que derramam no deserto do meu sentir

Guardo o segredo deste desejo e sei que o meu coração ainda esta contigo, vasculho o teu ser a procura de mim!

Oiço um murmúrio ao longe, ecos de vozes que ditam nostalgia!

Tuesday, June 14, 2011

Mas se amo os teus pés
é só porque andaram
sobre a terra e sobre
o vento e sobre a água,
até me encontrarem
Pablo Neruda

Sunday, May 1, 2011

Ah se pudesse encontrar tudo como deixei, os meus lábios colados aos teus, a cama por fazer e apenas ouvir os suaves beijos na quietude da madrugada, quero ainda poder olhar para ti, onde o único brilho de luz vem do teu olhar!
Não haverá despedidas, nem paredes nuas, onde foram retiradas as fotografias e o quadro que embelezava o nosso recanto! Nem tão pouco a bagagem encostada num canto, como sinal de despedida!
Tudo será como ontem, quando despi a roupa e corri para o teu corpo e entrei na tua cama...

Tuesday, March 22, 2011



"Não,
Eu Não te esqueci,
somente, enfeitei a saudade
com flôres e sorri
a cada lembrança sua..."

_Cida Luz _

Wednesday, February 2, 2011

Vem invadir o meu espaço!

Os sentimentos estão confusos

Vem arruma-los para mim!

Saturday, January 8, 2011

Despe as palavras e veste os meus sentimentos!

Despe as palavras e veste os meus sentimentos!

Perfuma com gotas de saudade o livro esquecido jogado no canto da sala,

O sofá esta vazio com marcas do nosso corpo entrelaçado,

Autografa o meu sentir para que as letras permaneçam eternas no fundo do meu ser,

Desejo a quietude esmaecida da tua alma para escutar apenas o som do teu coração!

Derrama o teu amor dentro de mim,

Para que eu possa reviver os teus carinhos em cada ausência da Vida!

Entra em bicos de pés no meu leito para não assustar a ansiedade ,
Beija a saudade que assombra as sombras coladas neste quadro pendurado na parede do meu quarto.

E antes do amanhecer pára o relógio para que ele se esqueça das horas!